Fanfic’s que mereciam se tornar livros oficiais:

Para começar, todo livro listado nesta lista se encontra disponível na plataforma virtual Wattpad. Todos os livros lá são gratuitos e o aplicativo pode ser baixado gratuitamente pela “Play Store” ou acessado por de forma online.

 

Hydra Malfoy – Pelo nome vocês já imaginaram né? Para todo fã de Harry Potter, essa é a chance de ver de outro ponto de vista, não ela quase não tem interferência na história, esse livro seria sua própria biografia dos problemas adolescentes do dia-a-dia dessa bruxinha puro sangue. Ela é uma garota guerreira e que sabe o que quer e que foi selecionada para a Grifinória, contrariando sua família. Então super recomendo. A história dessa bruxa tem 6 livros, o 7 e 8 livro são da filha dela, Orion Ninfadora Macmillan e  tem 2 spin-off. É escrito pela escritora atual (um tanto famosa) Paula Melo, escritora da trilogia dos Cinco Elementos e Dos Teus Lírios ( livro baseado no oitavo livro da saga “As Garotas Malfoy” e em breve será publicado).

 

Susan, a Filha de Um Vingador – Já deu para imaginar né? A história é de uma garota que cresceu com a tia após o falecimento da mãe e sem conhecer o pai. Ela conhece em um beco de sua casa o garoto Nico di Angelo e graças a esse encontro ela é convidada para o acampamento meio-sangue, lá ela faz amizades e tem acesso a coisas que nunca nem sonhou. Ela então descobre que está doente e quem é seu pai. Na segunda temporada da mesma ela descobrirá que está morrendo e ao contrário do que pensa, seu pai a quer mais próxima do que ela jamais pensou ser possível. A biografia dessa personagem forte, guerreira e incrível tem 3 temporadas (a terceira está sendo escrita e publicada atualmente) escritas por um exemplo de mulher: Delma Nascimento, junto dessa ela escreve também mais 2 fanfic’s, sendo uma de Miraculous e uma nova jamais vista (por mim, pelo menos) de Vingadores e Ben 10. E que hoje está completando 5 anos, parabéns a escritora!

 

The Selection – Shawn Mendes: Esse livro/escritora consegue unir o melhor de A Seleção da Kiera Kass, Jogos Vorazes de Suzanne Collins e A Rainha Vermelha de Victoria Aveyard. Ela junta o melhor dos mundos e transforma tudo num livro gostoso, excitante e incrível e que todos devem ler. Não vou dar detalhes pois seria spoiler de todas as histórias listadas, mas se você já leu qualquer uma dessas histórias sabem o quão maravilhosas são. A história está na segunda temporada que aos poucos está sedo postada na plataforma pela Tayna Oliveira.

 

Uma boa leitura a todos. Todos os livros listados são maravilhosos e gostosos.

Se gostaram das sugestões, deixe nos comentários que eu trago uma parte 2.

Beijos de luz a todos!

 

 

 

 

Perdida – Um Amor que Atravessa as Barreiras do Tempo (Carina Rissi)

– Você abandonou toda a sua vida por mim? – indagou apavorado.

– Não! Eu abandonei todo o resto para ficar com a minha vida! – eu o corrigi.

 

 

Perdida, de Carina Rissi, é um romance de época diferente de qualquer outro que você tenha lido, pois consegue misturar nossa contemporaneidade com o remoto século XIX com perfeita maestria. A autora nos apresenta à Sofia, uma mulher moderna que, mesmo com seus 20 anos, não consegue nem mesmo se alimentar sem a tecnologia. Um dia, seu valioso celular sofre um acidente no banheiro e ela se vê forçada a substitui-lo o quanto antes. Ao passar por uma loja e se deparar com o objeto tão desejado em sua vitrine, Sofia se vê obrigada a comprá-lo ali mesmo. A vendedora lhe vende um celular mais simples mas que, segundo ela, teria tudo que Sofia precisa. No caminho de casa, nossa protagonista acaba tropeçando em uma pedra e, após uma luz cegante vinda do celular, se encontra em um cenário completamente diferente – o século XIX! Ela fica assustada e perdida ( 😉 )e é aí que conhece Ian – um cavalheiro que logo a ajuda, achando que a moça tivesse sido assaltada, levando em conta suas vestimentas (regata e uma saia) inapropriadas para a época. Ele a acolhe em sua casa e lhe oferece toda ajuda necessária.

No decorrer da história vemos Sofia atrás de respostas e se apaixonando por Ian, um sentimento mais que recíproco. Porém ela sabe que não pode se apegar àquela época, pois havia pessoas que se preocupavam com ela, além do emprego que pagava sua conta todo mês. Sofia mergulha em um mar de pistas e, com o passar do tempo, chega cada vez mais perto de voltar para casa. Quando o momento chega de forma repentina, ela se vê com receio de voltar, sem querer deixar tudo o que conheceu naquele século para trás. Mas sua vontade não é levada em conta, e ela se vê mais uma vez no século XXI.

Novamente em seu tempo ela percebe que, mesmo com todas as dificuldades que enfrentava todos os dias com a falta de tecnologia, tudo de que Sofia precisava estava no passado – Ian. E esta se torna sua nova jornada: voltar para o homem que possuí seu coração.

Indicação Literária de Novembro

Não, Novembro não é o mês e sim um livro. Aliás um livro fantástico escrito por Vanessa S. Marine. Peguei esse livro emprestado e quase um ano depois, admito não ter devolvido ainda, e nem tenho vontade disso, sorry.

Gente…que livro. A história lhe faz chorar do início ao fim, juro! Mas tem um porém, pode ser de alegria, de raiva ou de tristeza. Esse livro pode tirar de você todas suas tristezas e ver a personagem de uma forma diferente.

Se va haver resenha dele? Sim, logo após este post estarei anexando a resenha para em breves ser publicada. Porque ela merece muita atenção.

A arte da capa, contra capa e uma linda (e maravigold) estilo de arte. Meu pai, esse livro se torna tão perfeito para dias chuvosos, tristes, ensolarados e felizes, enfim qualquer momento. E não, não estou ganhando nada para elogia-lo assim, é que ele é realmente um romance muito teen e perfeito demais para não aparecer por aqui!

Mas aí vai a sinopse:

Amanda Horstmann foi expulsa do time de futebol da escola, sua maior paixão, e no dia seguinte descobre que sua falecida mãe, em vida, compôs uma música para seu pai. Motivada por essa descoberta, decide aprender a tocar essa música para o pai, na esperança de que ele volte a sorrir como antes de se tornar viúvo, mas há um problema: Amanda mal sabe segurar um violão.

É nesse momento em que Fernando Amargo, filho do ex-treinador da Amanda e ex-guitarrista de uma banda de rock, surge precisando de aulas de futebol. Por falta de uma opção melhor, Amanda e Fernando então decidem fazer uma troca, em que um ensinará ao outro o que precisa ao longo de um ano. Porém, o que acontece quando um garoto se submete a ter aulas de futebol com uma garota? E como fica o coração dessa garota ao ajudar o filho da pessoa que ela mais detesta a realizar um sonho que é dela? E o que fazer quando recuperar a felicidade do seu próprio pai te leva a caminhos incertos?

281 Dias Para Recuperar Um Sorriso é um romance emocionante e divertido que narra a história de uma protagonista obstinada a fazer seu pai feliz e a tentar conhecer mais sobre a mãe que nunca teve, nem que isso signifique ter de adiar o seu próprio sonho.

“Se um dia alguém disser que nenhum filho teria coragem de fazer de tudo por seus pais, por favor, conte a eles minha história” 

Resenha: Minha Lady Jane

  • Após eu ler diversos comentários (emocionada), trouxa essa resenha maravilhosa(queremos) escrita por mim!

 

Minha Lady Jane começa com história de um Rei, Eduardo (sei lá das quantas), a história se passa a muito tempo atrás antes dos celulares e das coisas boas da vida existirem, o rei está morrendo e sem herdeiros, esposa e influenciado por seu conselheiro Dudley nomeará Jane como sua sucessora.
Como Jane responde? Querendo matar o rei, claro que isso não acontece (triste), sua intensão era viver sentada o resto de sua vida lendo um livro e sem nem ouvir a palavra casamento.

Coitada de Jane, o rei em poucos dias “morre” e ela precisa assumir o reinado mas para isso deve se casar com o promíscuo filho mais novo de Dudley, Gifford ou como preferia ser chamado Gê, um homem que dizem sair a noite para beber e ter noites de farra com mulheres. Mas ao contrário disso, Gê é poeta e por um certo medo esconde que todas as noites vai para uma taberna ler seus poemas e pensamentos.

Nessa história entra outra trama, os Ediano, lê-se ethiano, pessoas com dons de se transformarem em animais.

Trama dada a história se desenrola com, gambás, cães, raposas, lobos, urso, furão e pássaros, e claro, não podemos esquecer o cavalo, Gê.

Uma história rica e que eu falaria muito das 368 páginas escritas por Cynthia Hand, Brodi Ashton e Jodi Meadows como escreveram juntas essa maravilha? Não faço a mínima ideia, mal e porcamente escrevo sozinha mas…

Assim como fiz irrelevantes passagens de comentários a história (principalmente a segunda parte) tem comentários das escritoras que dão um toque de leveza e comédia a detalhes simples mas que no fundo farão você repensar o motivo daquilo para o mundo.

 

Uma história que foi refeita a moda a parmegiana , com toque de sal e vários temperos que abrem nossos horizontes e revelam histórias de pontos de vista diferentes e com um toque especial e sem que eu me esqueça, tudo nessa história tem uma natureza mágica!

 

Espero que tenham gostado, se sim comente se gostou e porque já comprou ele! Beijos!

Concepções Da Alma – Josemar Alves Soares

Titulo: Concepções Da Alma

Autor: Josemar Alves Soares

Editora:  O autor

Páginas:  60 páginas

As “Concepções Da Alma”, escritas por Josemar Alves Soares, funcionário do Instituto Federal da Paraíba, representa o mais simples e comum desejo de cada leitor de escrever sua própria história, muito embora a obra de Josemar não seja propriamente uma historia, mas sim algumas centenas destas, algumas reais, outras  que nunca aconteceram realmente, algumas conhecidas das páginas dos livros de história, outras que nunca se ouviu.

Trata não de um romance, uma poesia, uma crônica ou uma opinião, mas, como específica o título da obra, sabedorias, conhecimentos , fatos e atos, as concepções da alma do autor, advindos não propriamente de outros livros ou fontes quaisquer, mas sim  do filosofar do autor.

Biografia do autor:

Não sendo o primeiro livro de seu autor, que é conhecido por outros membros da comunidade local por publicar livros que retratem a realidade e a filosofia, Concepções Da Alma é recorrente a um pequeno legado de outros livros. O autor trabalha como servidor público federal, no Instituto Federal da Paraíba, Campus Sousa

Publicação do livro:

A obra é de publicação amadora, ou seja, a equipe de edição e publicação são todos voluntários, fazendo parte desta Francisco Tibério Felizmino de Araújo e João Edson Rufino (professores de filosofia e língua portuguesa da instituição, respectivamente, editores e equipe de revisão), Edgreyce Bezerra dos Santos (responsável pela catalogação,  CRB 15/586) e o já citado autor.

Frase preferida:

“Quando nasce um bebê, quando se planta uma árvore, quando se publica um livro, Deus sorri.”

Outras citações:

“A linha que separa o sorriso do choro é muito tênue. Não acredito que uma pessoa que nunca chorou, tenha sorrido.”

“Victor Hugo não poupa o lobo para não ter que sacrificar as ovelhas.” 

“A burrice e a inteligência são características humanas incuráveis.”

Resenha Livro TREZE Fml Pepper

🔮Livro: Treze || @fmlpepper || @galerarecord 🔮

 

Depois do falecimento de seu pai, a vida de Rebeca sofreu uma grande reviravolta. Sendo criada pela sua mãe, que a induziu a entrar na vida de crimes, especificamente, no mundo dos roubos cibernéticos. Crescendo ouvindo os ensinamentos e crenças de sua mãe, a jovem hacker não acredita em nada, além das estatísticas. Não mantinha relacionamentos com ninguém, a não ser com Suzy, sua melhor e única amiga. E, é devido a essa amizade que se inicia essa extraordinária história. Sua vida muda drasticamente, quando em um dia que deveria ser de comemoração e despedida, Suzy decidi que deveriam ir ao parque de diversões.

No parque de diversões, Suzy decidi se “consultar” com uma cartomante, conhecida como Madame Nadeje. O que ocasiona em uma discussão entre as amigas, visto que com toda sua experiencia Rebeca acredita que a mulher não passa de uma charlatã, que passa os dias enganando pessoas e ela não deixaria que isso acontece com Suzy. No entanto, a mulher diz algumas coisas que acaba por deixar as amigas com a pulga atrás da orelha, e mais tarde em meio a uma tempestade, Rebeca decide ajudar a Madame que se encontrava sozinha em meio a chuva lhe dando uma carona ate sua casa. E foi nesse meio tempo que esta acaba lhe fazendo algumas profecias: O golpe planejado para o dia seguinte não deve ocorrer, uma reviravolta ocorrerá em sua vida, e o amor de sua vida será o namorado de número 13. Mesmo preocupada com toda a informação que recebeu, Rebeca só acredita quando o golpe termina em fracasso. Sua mãe presa, e ela para não receber o mesmo destino faz um acordo regrado a limitações com a própria polícia.

E de um outro ponto de vista, encontramos Karl, um lutador de MMA que se encontra invicto no auge de sua carreira, em grande ascensão. Conseguiu a vitória que lhe dava o direito de disputar o cinturão do UFC, mas algo estava errado, sua namorada não estava ao seu lado para comemorar junto a ele. Por este motivo decide procura-la e se depara com uma decepção, Beatriz estava com outro homem…
Seu relacionamento havia chegado ao fim e este se encontrava transtornado. Abalado emocionalmente e no estado que se encontrava, com o corpo destonado por conta da luta, Karl pega a moto e descontrolado sofre um terrível acidente que muda o seu destino.
Quatro meses após o acidente, Karl acorda de um coma, seus “amigos” sumiram, quem está e sempre esteve ao seu lado são sua mãe e sua irmã. Mas o pesadelo não havia chegado ao fim, ele havia despertado, no entanto o risco permaneceria. Existia agora em seu cérebro um coagulo incurável, o que só podia significar uma coisa: Fim das lutas, novas regras.

Se passam dois anos até que os destinos acabam se cruzando.

Primeiramente, gostaria de frisar que essa leitura foi realmente surpreendente. Acreditava que encontraria algo totalmente voltado para o mundo fantasioso e me deparei com uma história onde há romance e um verdadeiro trajeto de superação e autodescoberta.
Mesmo tendo sido criada para não acreditar em nada, nem sorte, nem azar e muito menos amor. Rebeca vai descobrir que os números não são capazes de explicar tudo. Sua vida muda após o fracasso do golpe, e por conta de seu acordo com a policia teve que se mudar, e mais, fazer uma graduação em uma faculdade, que posteriormente, seria em Minas Gerais. Onde percebe que as profecias estão se concretizando uma após a outra, o que significava que o número 13 estava próximo. No entanto, as pistas foram lhe passadas em forma de charadas, e nem sempre as coisas são o que parecem.
Karl é um verdadeiro ícone de superação. Mesmo após perder tudo aquilo que lhe era familiar, conseguiu se erguer. Após abandonar o mundo das lutas, aprendeu uma nova maneira de viver. Administrava uma cafeteria e cursava uma nova faculdade. Seguia sua vida agora em torno de simples regras: Nunca passar mais de uma noite com a mesma mulher e Relacionamento sério estava absolutamente fora de cogitação. Faria qualquer coisa pelas pessoas que amava, em especial, sua mãe que sofria de câncer e se encontrava cada vez pior, em hipótese alguma ela saberia sobre o coagulo.
Posso afirmar que nada do que foi dito acima pode ser considerado spoilers, visto que não passa dos primeiros capítulos. E pode ter certeza que nessa leitura você não vai encontrar nada de clichê! É um livro que foi construído com o objetivo de alcançar os fãs de variados gêneros, visto que temos o lado romântico e junto a ele, o fantástico. Quando por fim chegar ao final da história, tenderá a refletir sobre cada pedacinho desta obra. Será que de fato existe um poder maior?
A escrita da Pepper é tão extraordinária quanto surpreendente. Ela sabe utilizar todos os elementos apenas quando são necessários e sempre a seu favor. Sendo a narrativa construída em primeira pessoa, havendo revezamento entre o Karl e a Rebeca. Podendo desta maneira conhecer as características individuais de cada um, além de tomar conhecimento dos seus sentimentos por completo.
Por fim, posso dizer que “Treze” tem um enredo totalmente envolvente e uma leitura mais do que fluida. Sendo uma mistura de romance, fantasia e um pouco de ceticismo. Uma obra com toda certeza inigualável. Duas pessoas que foram quebradas por seus passados, mas que sobreviveram e podem encontrar no amor a segunda chance que tanto esperavam e desejavam! As pistas foram dadas, o jogo começou, haverá de ser o 13 o seu grande amor…

Resenha É isto um homem (Primo Levi)

 

 

 

Em “É isto um homem?”, Primo Levi retrata o período em que foi mantido prisioneiro no Campo de Concentração de Monowitz – Auschwitz. Judeu italiano de 24 anos, descreve, de forma simples e clara, a rotina vivida entre fevereiro de 1944 e janeiro de 1945. Dos 650 judeus italianos deportados com ele, 45 estavam em seu vagão e, destes, apenas quatro retornaram a suas casas.
Desde o princípio, o autor, deixa claro que sua intenção não é a de oferecer novas denúncias mas, sim, levantar reflexões acerca da natureza humana, frente a situações extremas.

O que nos torna homens? Se nos tirarem tudo: casa, pertences, entes queridos e, até mesmo, nosso nome, o que sobra? Como seres humanos, puderam fazer o que fizeram a outros seres humanos?
De forma sistemática, promoveram a desumanização, a perda da dignidade e a falta de esperança dos prisioneiros. A intenção, primeira, era a de matar a alma, de modo que, quando matasse o corpo, não fosse mais algo provido de afinidade humana: seria um mero objeto.

Levi nos mostra, que havia uma estratificação e uma hierarquia dentro do Campo, permitindo que fossem “comandados” por outros prisioneiros, tornando – os, assim (nas palavras do próprio Levi), “escravos dos escravos “.

São o típico produto da estrutura do Campo de Concentração alemão: basta oferecer a alguns indivíduos em estado de escravidão uma situação privilegiada, certo conforto e uma boa probabilidade de sobrevivência, exigindo em troca a traição da natural solidariedade com os companheiros, e haverá por certo quem aceite.”      (Pag.133)

Sobrevivência essa, muitas vezes, frustrada.
Um livro necessário para manter fresco na memória o que os homens podem fazer a outros homens, quando deixam de vê – los como semelhantes.

 

*Texto publicado condensado em Instagram pessoal.