TEXTOS DESCONHECIDOS: Sem título

Eu não sei porque sou assim

Tão propensa a desistir

Com tanto medo de falhar

Sendo previsível em partir

Tentando pedir desculpas por situações imperdoáveis

E sempre fugindo

De tudo

De todos

Da minha própria felicidade

E sempre fingindo

Tudo

Para todos

A minha própria felicidade

Coloco um sorriso falso no rosto

E me recuso a aceitar a minha humanidade

Egocêntrica demais para falar de falhas

Mesmo com a certeza de todas as minhas fraquezas

Com gestos impensados,

Sem nenhuma despedida,

Me afasto

Esqueço de todos os retratos já tirados

E como um ciclo vicioso

Repito tudo

Com todos

Autora: Boa Sorte

Encontrado no Wattpad em Para quando o tempo escorrer

Espalhe isto!

Deixe uma resposta

Clube do Gueto