Resenha “Depois daquela viagem”

Valéria Piassa Polizzi é a autora e também personagem dessa fascinante história.

É uma autobiografia (melhor chamado de diário de bordo), que conta a história de uma adolescente que contraiu HIV na sua primeira relação sexual e teve que aprender a conviver com o vírus.

A princípio ela esconde essa realidade dos seus amigos e recusa o tratamento, mas, aos poucos, com a idade que vai adquirindo – vejam bem, ela é uma adolescente, estava com os hormônios a flor da pele e recebe o diagnóstico na década de 80, o que, se hoje já é difícil, mesmo com todos os tratamentos, naquela época era ainda mais mal visto pela sociedade e amedrontador para o paciente – acaba conhecendo a vontade de viver.

A história é encantadora, conta com aspectos que quase todos gostariam de fazer como, viajar e estudar nos EUA, conhecer pessoas de diversos países, nunca esquecer os velhos amigos de escola que, quando descobrem sobre a doença, permanecem sempre ao lado dela… Vale ressaltar ainda que o livro faz um acompanhamento dela e dos amigos e podemos ver a maturação ao passar dos anos.

ALERTA DE SPOILER: Os amigos só descobrem sobre o HIV durante uma crise de pneumonia (ou tuberculose, desculpem, li o livro aos 11 anos, mas ele não saiu da minha estante) que é agravada pela doença e somado a vários outros fatores, quando ela está de volta ao Brasil e são estes amigos que dão força pra que ela escreva o livro. (#Por mais amigos assim <3)

Valéria hoje tem cerca de 48 anos e está pleníssima dando palestras e escrevendo diversos outros livros… O livro é de 1997, mas tem dilemas mais que atuais.

Recomendo!!

Bjinhos, Ana :-*

Energias

No mundo existe uma coisa
O nome dessa coisa é energia
Não me refiro a energia que acende a luz da casa
Mas sim aquela que acende a luz da alma
Dependendo da forma que é usada
A mesma energia que acende, apaga
Apaga os sonhos, os sentimentos e a calma.

Essa energia pode ser positiva ou negativa,
A positiva deixa os dias melhores,
Transforma dor em alegria,
Nos tira da agonia.
A negativa deixa a vida escura,
Cheia de amargura,
Nos afoga nas nossas próprias loucuras.

A diferença entre pessoas positivas e negativas é o que elas deixam por onde passam,
As negativas, 
Deixam sua dor.
As positivas,
Deixam sua cor.

-Ana Beatriz Marques

Ânsia

Eu tenho ânsia de vida
E vivo com ânsia,
Ânsia de vômito,
Ânsia de encontro,
Ânsia de reencontro,
Ânsia de carinho,
Ânsia de seguir algum caminho,
Ânsia de ter um destino,
Ânsia de tu,
Ânsia de mim,
Ânsia de nós, 
Ânsia de ânsia,
Ânsia de vingança,
Ânsia de ser sempre uma criança,
Ânsia de me ter,
Ânsia de te ter,
Tenho ânsia de tudo,
Tenho ânsia de viver.
 
-Ana Beatriz Marques
15/02/2018 (quinta)
11:21

Ensaio sobre a saudade

Qual o tamanho de uma dor interminável?

Qual a equação para definir o comprimento de um sofrimento?

Qual é a fórmula para anular uma tristeza sem fim?

São anos…

São meses…

São dias…

Noites…

Lamentações…

E uma pergunta sem resposta…

“Porque você se foi?”

Sinto como se fosse agora, neste  exato momento:

Meu peito se corroendo.

Se convertendo em um poço de lagrimas que não seca.

Um desespero que me sufoca, inibe minha respiração.

Algo inexplicável…

Decepção, aflição, perdição, lágrimas, raiva, tristeza, sofrimento, dor, separação, término…

Como descrever algo indescritível?

Como remediar algo que não é doença, mas ausência?

Saudade que só aumenta, resposta que não vem, ficha que não cai, realidade em que não se acredita…

Os dias passam, as lembranças sobre você se perdem, os sorrisos desaparecem, os planos se dissolvem.

Como simples grãos de areia esparramados sobre a praia, como uma estrela no meio de outras milhares em uma galáxia a incontáveis anos-luz da percepção humana…

De repente…

Cinzas…

Sem volta…

Sem nova chance…

Sem adeus…

Sem expectativa…

Nada…

FIM.

OLHARES

Um casal apaixonado se olha com intensidade,
A mesma intensidade que uma criança olha seu brinquedo preferido,
Uma mãe olha seu filho recém nascido com uma alegria pura, 
Olhar esse que também se aplica ao escritor olhando seu mais novo "filho" em forma de frases.

Um olhar diz tanto sem dizer nada
O olhar de desespero que não conseguimos controlar quando surge um problema,
O de raiva quando algo não sai do melhor jeito possível,
O de admiração quando vemos algo muito bonito, 
De orgulho por nós mesmos e pelas pessoas que amamos.

Enfim, olhares não faltam
Na verdade, na falta de olhares, o que faríamos?
Eles nos despem de uma forma as vezes ingênua (ou nem tanto)
Vivemos de olhares
Eles são a linguagem da alma.

-Ana Beatriz Marques 
08/08/17 (terça)

Parei pra pensar

Parei pra escutar,
Preferia ser surda.
Parei pra falar,
Preferia ser muda.
Parei pra ver,
Preferia ser cega.

Pra certas coisas preferia não parar,
Em certas ruas preferia não entrar,
Certos textos preferia não ler,
Muitas certas coisas, erradas parecem ser.

Existem certos sentimentos que preferia não ter,
Mas o que seria de nós sem de vez em sempre se perder,
De vez em nunca se achar,
Parei pra pensar,
E preferia ter corrido,
Ver o mundo em movimento é mais bonito,
Ou talvez nem seja,
Pode ser só meu eu lírico mostrando que está vivo.

-Ana Beatriz Marques
28/05/2018 (segunda)
07:58

Alguns motivos para escrever (e ler) poesia

COLOCAR EM PALAVRAS O QUE SENTE

É como se o que se sente e as palavras escritas se encaixassem perfeitamente, como se o sentimento ali colocado tivesse o poder de criar forma. Escrever é como colocar em exposição o peito aberto numa vitrine para quem quiser ver, é deixar que todos saibam o que se passa no seu interior é deixar que te explorem mesmo que não te conheçam intimamente. Ler também é deixar que te explorem, mas nesse caso não são pessoas, são as próprias palavras, é cada pontuação, cada verso, cada estrofe, cada rima. No fim das contas escrever ou ler é fazer uma terapia onde o psicologo se chama estrofe.

AUTOCONHECIMENTO

Poesia antes de qualquer coisa é verdade, é o que somos e como somos, como se diz aqui o ceará é o “batido e sacudido” não se escreve uma poesia sem sentir o que está escrito e do mesmo modo não lemos poesias quando não nos identificamos com ela. Lemos e escrevemos o que queremos ouvir, ou o que queremos saber sobre algo, e se escrevemos o que queremos e lemos o que escrevemos acaba que no final conhecemos mais de nós mesmos.

LAVA A ALMA 

Esse é o motivo que eu particularmente mais gosto, a sensação depois de tudo, a paz de espírito depois de ler algo que achamos muito bom, ou algo que era necessário ser lido para conseguir lidar com alguma situação. Melhor que isso só quando terminamos de escrever e aquilo que estava entalado na garganta nos sufocando a cada respiração sai e podemos viver livres novamente.

E foi isso, espero que tenham gostado e que alguém tenha ficado animado para ler ou escrever algo. Eu já escrevo, então essas são palavras de quem vive o ler e o escrever regularmente. A poesia é quase um puxadinho da alma. Até depois (se eu tiver a coragem de escrever novamente) bjtchau.

 

Resenha Livro TREZE Fml Pepper

🔮Livro: Treze || @fmlpepper || @galerarecord 🔮

 

Depois do falecimento de seu pai, a vida de Rebeca sofreu uma grande reviravolta. Sendo criada pela sua mãe, que a induziu a entrar na vida de crimes, especificamente, no mundo dos roubos cibernéticos. Crescendo ouvindo os ensinamentos e crenças de sua mãe, a jovem hacker não acredita em nada, além das estatísticas. Não mantinha relacionamentos com ninguém, a não ser com Suzy, sua melhor e única amiga. E, é devido a essa amizade que se inicia essa extraordinária história. Sua vida muda drasticamente, quando em um dia que deveria ser de comemoração e despedida, Suzy decidi que deveriam ir ao parque de diversões.

No parque de diversões, Suzy decidi se “consultar” com uma cartomante, conhecida como Madame Nadeje. O que ocasiona em uma discussão entre as amigas, visto que com toda sua experiencia Rebeca acredita que a mulher não passa de uma charlatã, que passa os dias enganando pessoas e ela não deixaria que isso acontece com Suzy. No entanto, a mulher diz algumas coisas que acaba por deixar as amigas com a pulga atrás da orelha, e mais tarde em meio a uma tempestade, Rebeca decide ajudar a Madame que se encontrava sozinha em meio a chuva lhe dando uma carona ate sua casa. E foi nesse meio tempo que esta acaba lhe fazendo algumas profecias: O golpe planejado para o dia seguinte não deve ocorrer, uma reviravolta ocorrerá em sua vida, e o amor de sua vida será o namorado de número 13. Mesmo preocupada com toda a informação que recebeu, Rebeca só acredita quando o golpe termina em fracasso. Sua mãe presa, e ela para não receber o mesmo destino faz um acordo regrado a limitações com a própria polícia.

E de um outro ponto de vista, encontramos Karl, um lutador de MMA que se encontra invicto no auge de sua carreira, em grande ascensão. Conseguiu a vitória que lhe dava o direito de disputar o cinturão do UFC, mas algo estava errado, sua namorada não estava ao seu lado para comemorar junto a ele. Por este motivo decide procura-la e se depara com uma decepção, Beatriz estava com outro homem…
Seu relacionamento havia chegado ao fim e este se encontrava transtornado. Abalado emocionalmente e no estado que se encontrava, com o corpo destonado por conta da luta, Karl pega a moto e descontrolado sofre um terrível acidente que muda o seu destino.
Quatro meses após o acidente, Karl acorda de um coma, seus “amigos” sumiram, quem está e sempre esteve ao seu lado são sua mãe e sua irmã. Mas o pesadelo não havia chegado ao fim, ele havia despertado, no entanto o risco permaneceria. Existia agora em seu cérebro um coagulo incurável, o que só podia significar uma coisa: Fim das lutas, novas regras.

Se passam dois anos até que os destinos acabam se cruzando.

Primeiramente, gostaria de frisar que essa leitura foi realmente surpreendente. Acreditava que encontraria algo totalmente voltado para o mundo fantasioso e me deparei com uma história onde há romance e um verdadeiro trajeto de superação e autodescoberta.
Mesmo tendo sido criada para não acreditar em nada, nem sorte, nem azar e muito menos amor. Rebeca vai descobrir que os números não são capazes de explicar tudo. Sua vida muda após o fracasso do golpe, e por conta de seu acordo com a policia teve que se mudar, e mais, fazer uma graduação em uma faculdade, que posteriormente, seria em Minas Gerais. Onde percebe que as profecias estão se concretizando uma após a outra, o que significava que o número 13 estava próximo. No entanto, as pistas foram lhe passadas em forma de charadas, e nem sempre as coisas são o que parecem.
Karl é um verdadeiro ícone de superação. Mesmo após perder tudo aquilo que lhe era familiar, conseguiu se erguer. Após abandonar o mundo das lutas, aprendeu uma nova maneira de viver. Administrava uma cafeteria e cursava uma nova faculdade. Seguia sua vida agora em torno de simples regras: Nunca passar mais de uma noite com a mesma mulher e Relacionamento sério estava absolutamente fora de cogitação. Faria qualquer coisa pelas pessoas que amava, em especial, sua mãe que sofria de câncer e se encontrava cada vez pior, em hipótese alguma ela saberia sobre o coagulo.
Posso afirmar que nada do que foi dito acima pode ser considerado spoilers, visto que não passa dos primeiros capítulos. E pode ter certeza que nessa leitura você não vai encontrar nada de clichê! É um livro que foi construído com o objetivo de alcançar os fãs de variados gêneros, visto que temos o lado romântico e junto a ele, o fantástico. Quando por fim chegar ao final da história, tenderá a refletir sobre cada pedacinho desta obra. Será que de fato existe um poder maior?
A escrita da Pepper é tão extraordinária quanto surpreendente. Ela sabe utilizar todos os elementos apenas quando são necessários e sempre a seu favor. Sendo a narrativa construída em primeira pessoa, havendo revezamento entre o Karl e a Rebeca. Podendo desta maneira conhecer as características individuais de cada um, além de tomar conhecimento dos seus sentimentos por completo.
Por fim, posso dizer que “Treze” tem um enredo totalmente envolvente e uma leitura mais do que fluida. Sendo uma mistura de romance, fantasia e um pouco de ceticismo. Uma obra com toda certeza inigualável. Duas pessoas que foram quebradas por seus passados, mas que sobreviveram e podem encontrar no amor a segunda chance que tanto esperavam e desejavam! As pistas foram dadas, o jogo começou, haverá de ser o 13 o seu grande amor…

Resenha Carrie – Stephen King

Carrie, a estranha || Stephen King || 200 págs
.
.
📖O livro narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente.📖
.
📖Com tantos ingredientes de suspense, Carrie, a Estranha”” logo se transformou num enorme sucesso internacional. Ao ser transportado para as telas, em 1976, pelas mãos de Brian de Palma, teve a atriz Sissy Spacek e John Travolta em seus papéis principais📖
.
📖Diferente do filme, o livro trás relatos de pessoas sobre os acontecimentos daquela noite. E a opinião de especialistas sobre telecinese.📖
.
📖Carrie jamais mexeu com alguém, só queria ser aceita. Mas as garotas achavam suas tentativas de se aproximar motivo para piadas de mal gosto. O que, com o tempo foi fazendo com que Carrie que já não era muito social, ficasse cada vez mais fechada no seu “mundo” com sua mãe, uma fanática religiosa, que acreditava que Carrie era um câncer, fruto do diabo. E que quase a matou no momento de seu nascimento.📖
.
📖Stephen king mostra cada detalhe do que realmente aconteceu naquela fatídica noite e os fatores que desencadearam cada uma das tragédias que se seguiram. Foi posto em cheque cada um dos personagens e seus atos. Uma leitura extraordinária! Um suspense junto com mistérios relacionados à origem dos poderes poderes de Carrie.📖
.
📌Ela não era um monstro. Era só uma garota.📌
.
Eu consegui ler em um dia! Quem já leu ou tem vontade de ler! Deixa seu comentário!

Resenha A Terra Dos Desaparecidos: A Saga Do Caos e Ordem

Bom dia! Hoje trago pra vocês a resenha desse livro que já foi por demais falado aqui! A autora é incrível e considero ela minha amiga! Já vai me ouvir falar muito do livro e continuar a ouvir! <3