Resenha: Meu Protetor

Título: Meu Protetor
Autora: Nana C. Fabreti
Editora: PinDragon
Páginas: 210

–   Resenha   –

Quem nunca teve aquela paixão platônica pelo garoto mais popular da escola? E ainda por cima seu vizinho de rua? Bom, Samantha passou por isso e também pela desilusão de uma paixão não correspondida e bem traumática. Quando já tinha fechado seu coração para o mundo e apenas se conformou em levar a vida a sua maneira, mal ela sabia que enquanto seu coração se fechava para o mundo outro coração arregalava as portas para o amor.

Candido não sabia muito sobre seu mundo ou como as coisas funcionavam, mas da sua missão ele sabia: ser o Proteror de Samantha. Só que ele não esperava começar a desenvolver sentimentos humanos, muito menos direcionados para Samantha. Agora, além de ter que dividir sua vida entre proteger e orientar Sam para o caminho do bem, como é o dever dele, e também terá que descobrir um jeito de poder ficar ao lado de sua amada sem provocar a fúria do Céu.

Acompanhe nesse enredo os desafios que os dois terão pela frente para encontrar a felicidade e poderem permanecer juntos sem quebrarem as regras divinas e se esquivando dos inimigos inesperados que possam surgir em seus caminhos.

–   Minha opinião   –

A leitura é muito fluída e agradável. É aquele tipo de enredo tranquilo que ainda sim te prende e você não consegue parar de ler. Mesmo o romance tendo algumas partes bem açucaradas eu fiquei admirada com a criatividade da história.

É aquele livro que você começa lendo achando que será mais um tedioso clichês mas acaba se surpreendendo com situações novas e inesperadas.

Eu recomendo essa leitura para todos e principalmente para os amantes de romance e para aqueles que adoram aquela pegada de sobrenatural/ficção.

–   Frase Favorita   –

“O sol já estava se pondo quando conseguimos nos separar, permanecemos ali, sentados em silêncio, até que o sol cedesse lugar à lua. Em tanto tempo aquela foi a primeira vez que eu havia parado para ver aquele milagre, valeu a pena, pois o vi com outros olhos.”

Espalhe isto!

8 thoughts on “Resenha: Meu Protetor

Deixe uma resposta