Resenha Belle

‘Belle’ tem o potencial de ser muito mais, mas a escrita sem brilho, as reviravoltas intermináveis ​​e o personagem principal completamente desagradável tornaram a leitura tediosa.⠀
O assunto é interessante e incomum, mas Belle como o personagem principal o arruina para mim. Sua irritante ingenuidade e vontade de divulgar sua história para quem ela conhece parece fora do personagem para alguém que já passou por isso em uma idade jovem. Além disso, suas muitas tentativas fracassadas de escapar se tornam irritantes depois de um tempo.⠀
A mãe de Belle, Annie, mencionou que garotas jovens raramente são forçadas à prostituição, e poucas superaram o trauma mental e emocional. No entanto, Belle não parece ter mudado nem um pouco. Ela é bem plana e estática como personagem.⠀
Outra coisa que eu achei irritante foi que toda vez que Lisette é mencionada, Pearse tem que trabalhar no fato de que as vidas de Lisette e seu filho estarão em perigo … etc. fica entediante depois da segunda ou terceira repetição.⠀
O estilo de escrita de Pearse aqui não está cortando para mim (embora eu possa estar errada, porque eu ainda não li nenhum de seus outros romances). Embora eu não seja um grande fã desse tipo de livro, isso não tem tempero nem sutileza. É diálogo bastante suave para um assunto tão emocionante.⠀
Francamente, eu acho que o cenário de Nova Orleans foi o melhor entre os outros lugares no romance, e talvez se a história fosse centrada lá com foco nos personagens mais experientes como Etienne, Lisette e Noah, teria me sentido mais envolvida com a história.⠀

———————————————————————————–
E vocês já leram? Me contem o que acharam desse livro.

Espalhe isto!

3 thoughts on “Resenha Belle

Deixe uma resposta